sábado, 11 de setembro de 2010

Um Exorcista conta-nos Download (1º parte)


Olá queridos leitores do Blog Exorcizamus, irei postar hoje para vocês um livro que é do Exorcista mais famoso do Vaticano: Pe. Gabriele Amorth o exorcista oficial do Vaticano.

O livro está dividido em duas partes esta é a  primeira dela. Quero lembrar aos leitores que o livro não foi escaneado por mim, e sim por um amigo do Blog Batalha dos Santos, ele que escaneou e digitalizou o livro.

O livro é muito bem explicado. Aborda vários assuntos como a demonologia e claro o exorcismo e traz ainda alguns fatos reais vividos pelo próprio exorcista. 

Este livro é extremamente dificil de se encontrar sempre serei grato ao amigo que disponibilizou e que hoje estou passando para vocês.

Abaixo o link para download da 1ª parte:

Download:

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Como entender essas "Curas e Exorcismos" em Cultos Protestantes?


Bom estou de volta caros amigos do Exorcizamus. Irei trazer hoje um fato que chama muita atenção de qualquer cristão hoje em dia, as curas em cultos protestantes e muitas vezes até no espiritismo. Como entender tal fenomeno? Como é possivel curar multidões com palavras? Como é possivel fazer mais milagres que até o proprio Cristo? São coisas que realmente nos faz refletir. Nesses cultos o "sobrenatural" aconteçe todo dia, é incrivel. E consequentemente todo mundo que vê esse show de curas, exorcismos, etc; vai correndo em busca de solução para seus problemas e suas doenças.
Dedico este artigo aos nossos "irmãos separados" que e gostam do exibicionismo.

Curas e “Milagres” em comunidades protestantes

Historicamente falando, até hoje não existe sequer um “milagre” ocorrido em comunidades protestantes que tenha sido cientificamente comprovado como milagre verdadeiro, isto é, ação sobrenatural e inexplicável, de tal maneira que só se poderia conceber como intervenção divina.

Nenhum milagre ou cura ocorrido em meios protestantes é realmente sobrenatural. Na maioria das vezes, são curas obtidas por auto-sugestão do doente, efeitos placebos obtidos por indução psicológica; algo semelhante ao que pode obter um hipnologista. As técnicas dos pastores protestantes para isso são semelhantes à da PNL (Programação Neuro-Linguística), são recheadas de retórica, apelo sentimental e psicológico, que induzem a mente a enganar a dor ou cessar os sintomas da doença. Por estes meios, são curas perfeitamente explicáveis do ponto de vista científico e natural. Aliás, muitos psicólogos já usam terapias semelhantes para a obtenção das mesmas curas. Ademais, muitas vezes estas curas não são irreversíveis, mas apenas uma cessação momentânea dos sintomas, como um analgésico, obtida por auto-sugestionamento. Não podem ser consideradas, pois, milagres verdadeiros.

Aqueles shows de curas que se vê nos programas dos protestantes pentecostais não passa muitas vezes de um grande teatro de auto-sugestionamento, hipnologia e indução psicológica.

Um milagre verdadeiro, em alguma comunidade protestante ou cismática, só poderia ocorrer vinculado a algum elemento católico, que mostrasse à pessoa agraciada com o milagre onde está a verdade. Pois, conforme muito dissemos, Deus só assina o que é seu. E a divisão, a falta de unidade, a desunião, os erros doutrinários verificados em meios protestantes não são de Deus. Deus não poderia, pois, ratificar com sua assinatura coisas deste tipo.

Espero que tenham gostado. Dominus Vobiscum

A seguinte matéria se encontra em: 
http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/1385-milagres-em-igreja-protestantee-possivel
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...