sábado, 20 de novembro de 2010

O Ministério de Exorcista (Entrevista com Pe. Manoel Sabino)


Padre Manoel Sabino
Confissão bem feita, Eucaristia e oração diária fecham a porta ao demônio e dificultam a sua volta.

cancaonova.com: O que é um exorcista e quem pode exercer esse ministério? 
Manoel Sabino: O exorcista é um sacerdote que, formal ou informalmente, o bispo nomeia, levando em conta a sua formação científica e religiosa, a sua piedade e o seu comportamento moral. É preciso que um exorcista seja um homem de adoração, comprovado na moral e que tenha conhecimento da ciência religiosa. 

cancaonova.com: Que fatores diferem uma pessoa psicologicamente perturbada de uma pessoa possuída pelo demônio? 
Manoel Sabino: A pessoa possuída pelo demônio, a princípio, tende a apresentar sintomas característicos, como falar línguas estranhas. Um exemplo, é alguém que nunca tenha estudado francês, inglês, latim ou grego e, de repente, começa a falar um desses idiomas, como o grego, por exemplo, de forma fluente e clara. Isso é um sintoma de que há uma entidade estranha nela.
Ela também poderá adotar atitudes externas como agressividade e ira exageradas, fúria e agressão física. Estes são também sintomas que nos fazem pensar que essa pessoa já esteja possuída por alguma entidade estranha, que é o espírito do mal. 

cancaonova.com: Quais as principais causas que levam o demônio a interferir na vida de uma pessoa?
Manoel Sabino: Há um leque de causas, mas a princípio, isso ocorre se a pessoa estiver desprevenida, e, por exemplo, ficar nas drogas ou na homossexualidade (as formas lésbicas são variadas). A pombagira também é uma variante de tudo que é sexualidade desregrada. E, fundamentalmente, o ódio, o ressentimento, a ira, o não perdoar e o espírito de vingança atraem o demônio. Na linguagem técnica, nós dizemos que estas coisas são "fissuras", "janelas" ou "portas" que facilitam a entrada do demônio. Principalmente, quando há alguém que esteja em pecado mortal, e neste estado o que mais atrai o demônio é o ódio e a sexualidade desregrada, ou seja, fora do matrimônio.

cancaonova.com: Existem diferentes 'graus' de interferência do maligno?
Manoel Sabino: Sim, há diferentes graus de acordo com o tipo de espíritos maus que "penetram" na pessoa. Sabemos que existem os coros dos anjos, que são serafins, querubins, potestades, virtudes, principados, anjos e arcanjos. Destes coros, caíram anjos e esses 'anjos caídos' mantiveram o seu poder, a sua força, a sua inteligência, a sua agilidade e também todas as suas capacidades de mobilidade. Perderam apenas dois atributos: o amor e a graça. Portanto, se um indivíduo, por desgraça, é penetrado por um espírito que era serafim, a possessão é mais pesada e, normalmente, quando a pessoa está possessa, não é apenas por um espírito, pois eles trazem consigo vários outros espíritos, muitos. Assim, alguém pode estar possuído por legiões de demônios, que são formadas por milhares e milhares deles. Os casos mais graves acontecem quando as pessoas estão em pecado mortal. E quando alguém freqüenta toda a espécie de esoterismo e curandeirismo, como a umbanda, o terreiro e todas as práticas de magias, tudo isso agrava ainda mais a possessão e a pessoa acaba totalmente possuída pelo demônio de corpo e alma.

cancaonova.com: Quem pode rezar por uma pessoa possuída pelo demônio?
Manoel Sabino: A perturbação maligna pode ser psíquica ou meramente física, pode ser também que ela atinja somente uma das partes do corpo. São várias formas.
O princípio básico e fundamental para se rezar por alguém é estar em estado de graça, em profunda comunhão com Jesus, ter fé e ser humilde. Essas três condições são indispensáveis para que a pessoa tenha condição de rezar por alguém. E, se em volta da pessoa por quem se reza estiver uma, duas, ou três pessoas em pecado mortal, a libertação e a cura tornam-se difíceis, adiadas, porque estas estão sob domínio do maligno, e isso contribui e dá mais forças ao demônio que tem de ser expulso daquela pessoa. Daí a necessidade de não se ajuntar muita gente ao redor da pessoa por quem se está rezando e se ter a certeza de que todos, que estão ao redor, estão em estado de graça, em condições para ajudar, para que a libertação aconteça o mais rápido possível.


cancaonova.com: Conte-nos um testemunho marcante que o senhor presenciou de libertação.
Manoel Sabino: Vou contar-lhes um fato marcante que aconteceu em Milão, a segunda cidade maior da Itália, apareceu uma jovem que estava possessa havia dez anos, e já tinha passado por vários lugares à procura de ajuda. Fui chamado para ajudá-la a sair daquela situação difícil e quando eu ordenei que o demônio saísse, ele deu uma gargalhada. Perguntei-lhe: 'Quem és?' Ele identificou-se dizendo que era o rei do mundo. E eu disse-lhe: 'Não entendo, rei do mundo? Não sei o que é isso'. E ele disse-me que era o deus do inferno, então, também fiz de conta que não havia entendido e que queria um nome concreto, pois não entendia o que era aquilo. Então ele me disse: 'Se não entende, padre, vou dizer: lúcifer'. Eu disse-lhe: 'Agora, entendo'. Então, percebi que estava de frente com uma entidade espírita forte, potente, astuta, pois o lúcifer é chefe dos demônios todos. Naquele momento, lembrei-me que Maria Santíssima esmagou a cabeça da serpente, e lúcifer é a serpente. Por isso, pedi aos presentes que rezassem comigo o terço, meditando os mistérios dolorosos. Quando chegamos ao quarto mistério quando se diz: '(...) e carrega sua cruz', o demônio deu um forte grito, urrou e saiu da mulher, que ficou completamente liberta. Isso para mostrar que Maria é aquela que esmagou a cabeça da serpente e tem muito poder e é uma ajuda imensa na cura e libertação das pessoas que precisam ser ajudadas.

cancaonova.com: Qual é a etapa mais importante em uma sessão de exorcismo?
Manoel Sabino: A sessão de exorcismo tem várias etapas, dizer qual é a mais importante depende muito do tipo de possessão. Se a pessoa trouxer um tipo de possessão que tenha dezenas de anos, e se ela tiver na sua geração muitos bruxos, muitos feiticeiros, mágicos, pessoas que freqüentam terreiros ou umbandas, naturalmente que tudo isso dificultará o exorcismo. Então, primeiro é preciso fazer uma oração pela árvore genealógica dela, para que com a ajuda de Deus e dos anjos, possamos regressar ao passado dela, e com a oração ir destruindo, gradualmente, os males existentes nos antepassados, curando-os até chegar ao presente. Depois, começa-se o verdadeiro exorcismo, e este não se faz num dia ou numa hora. São várias as etapas que a pessoa terá de voltar. Porque são situações que vão sendo quebradas com orações muito fortes.
De modo que as pessoas, que vão intervir neste exorcismo, nessa sessão de cura e libertação, devem ter feito uma boa confissão, devem ser pessoas de fé e oração, para que, no momento exato em que Deus terminar, a pessoa fique completamente liberta. De maneira que não se pode dizer que determinada etapa seja mais importante que outra. São etapas que se vão cumprindo de acordo com o tipo de demônio, o passado da pessoa e suas relações anteriores. 

cancaonova.com: Depois de ser curado, o que deve ser feito para se manter liberto?
Manoel Sabino: O objetivo da cura e da libertação é a conversão da pessoa. Deus a cura e a liberta para que se converta. Essa é a etapa principal. Converter-se significa fazer uma confissão bem feita, mudar de vida, deixando todo tipo de vício e pecado. Essa confissão bem feita implica necessariamente em escrever os seus pecados num papel, de forma que, quando chegar ao confessor, possa lê-los. Pois se chegar ao confessionário, sem seus escritos, acabará omitindo pecados muito graves por esquecimento. Esta técnica é muito boa, principalmente para aqueles que não se confessam há anos.
Assim, a confissão bem feita, a oração diária e bem feita e o sacramento da Eucaristia fecham a porta ao demônio e dificultam a volta dele. A pessoa deve ir à Santa Missa, se possível todos os dias; mas nunca deixar de ir aos domingos, porque a Eucaristia alimenta a alma e o espírito. Se tudo isso não for feito, ele volta com os piores demônios e num número muito mais elevado e essa situação torna-se pior que a primeira.  

Matéria extraida do link:
http://www.cancaonova.com/portal/canais/entrevista/entrevistas.php?id=326
 

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Um Exorcista Conta-nos Download (2ª Parte)


Trago agora para vocês leitores do Blog, a segunda parte deste fantástico livro, um dos meiores sobre o tema. 
Este livro, como já foi comentado, é obra do Pe. Gabrielle Amorth.
Abaixo os links para download:

Download:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...