quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Exorcismos em cultos Protestantes? Vamos Refletir!

Olá amigos do Exorcizamus! Hoje começo a escrever um artigo de suma importância sobre Hipnose. Irei procurar esclarecer nesses artigos como funciona a Hipnose. E irei ensinar um pouco esta arte tão fantástica e antiga.

Bom, agora por que escrever algo relacionado a isso? Simplesmente por que atualmente aconteçem vários shows de hipnose por ai, em cultos protestantes, e até em alguns tipos de missas (infelizmente). Abaixo um Exemplo simples e didático:

Por sugestão faz que alguém se ache “endemoninhado”. Por sugestão cunde o contágio. E ele fica feliz... de sua senvergonhice.

Perceberam, a palavra "sugestão"! È justamente aí que está a Hipnose. Em um culto protestante (cito eles por que ocorre com mais frequência nesses ambientes), um pastor faz uma pregação repleta de sentimentalismo, cheio de muita músicas emocionante, etc... Aquela "coisa" toda. 

Agora imaginemos uma pessoa que está lá no banco escutando tal pregação. Essa pessoa está cheia de problemas, desiludida com a vida, esperando alguém para tira-la dessa vida "miseravel" em que ela se encontra. 

Então como uma mágica quem surge? O Pastor e sua pregação: para gritar em um desses cultos que - "sua vida tá com problema, O demonio está Agindo! Converta-se! Arrependa-se! Deus quer te salvar!" 

Perceberam? Todas essas frases são sugestivas! A primeira é óbvia. Sempre na Igreja terá alguém com problema, e essa pessoa é que será sensivel as outras sugestões por que ela achará que é Deus falando com ela. Ela crendo nisso, o resto é simples. O pastor simplesmente continuara sugestionando até que em um ponto essa pessoa, juntando todas as suas tristezas, magoas, irá entrar em transe. O transe será como uma válvula de escape. Achar que seus problemas provém do demonio é bem mais fácil do que achar que nós mesmos os provocamos. 

A pessoa acha então que está com um demonio pela sugestão do pastor, sendo que ela não estar com demonio algum.

Bom se é uma sugestão, se o pastor sugestiona-la que não está mais com o demonio, logo ela não estará!. Eles então chamam isso de que? Exorcismo. Eu já chamo de charlatanisse! E das grandes. Todos os disturbios (como: força descomunal, rigidez corporal, convunçoes, etc...) que essa pessoa irá apresentar são factiveis em uma seção de hipnose! Isso mesmo, por isso começei este artigo com essas observações.
 
È um erro muito grande achar que tudo é obra do demonio, e que todo bendito culto tem que ter um lá para ser exorcizados. Caros irmãos, as palavras têm poder, quando começar a demonstrar a hipnose vocês verão isso, com mais clareza. Nosso inconciente é incrivelmente poderoso, capaz de coisas tremendas. Então não vamos se iludir com coisas pequenas.

Portanto são raros casos que ocorre um Exorcismo em culto protestante. De 0 à 100%, 98% são pura hipnose. Pura força da sugestão. 

Nos próximos posts se tiver tempo irei abordar a Hipnose, e se puder irei demonstrar como se faz isso. 
Se você não acredita nisso, passe a acreditar por que é cientificamente comprovado, é uma técnica muito utilizada hoje em dia.

Lembrando pessoal que não sou contra o uso da hipnose nas igrejas ou em qualquer lugar se o objetivo é ajudar as pessoas. Mais defendo uma linha de raciocinio, de que a pessoa deve saber pelo que está passando, e não ser iludida achando que está possuída ou coisa assim. È extremamente lamentável o que se passa hoje em dia!

Até a próxima. Dominus Vobiscum!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...